Blogdopa | Polícia prende sete traficantes em Ceilândia e apreende R$ 74 mil

0
74

A investigação durou mais de três meses e, nesse período, os policiais flagraram a venda de entorpecentes por diversas vezes. O tráfico acontecia em uma boca de fumo, próximo à uma escola infantil.
Os homens foram detidos no momento em que contavam o dinheiro das vendas das drogas, um montante no valor de R$ 74 mil. 

Em uma mega-operação deflagrada pela 19ª Delegacia de Polícia (P Norte), nesta terça-feira (1°/2), policiais civis estouraram uma boca de fumo na QNN 19 de Ceilândia e prenderam sete traficantes. Os homens foram detidos no momento em que contavam o dinheiro das vendas das drogas, um montante no valor de R$ 74 mil.

As investigações começaram ainda no ano passado, quando os policiais receberam informações de que dois irmãos, de 21 e 24 anos, eram os responsáveis por comandar o ponto de drogas.

A equipe, então, deu início ao monitoramento, que perdurou por 60 dias. Em várias ocasiões, foi possível constatar a venda de drogas no local, segundo a PCDF.

Na tarde desta terça-feira, em mais uma ação de monitoramento, os investigadores flagraram grande movimento na boca de fumo. “Foi possível constatar a venda ilícita dos entorpecentes e, inclusive, observar que os traficantes vigiavam as imediações do local para possível chegada da polícia”, afirmou o delegado-adjunto da 19ª DP, Thiago Peralva.

Um usuário que havia acabado de comprar cocaína acabou sendo capturado. Os policiais ainda flagraram outras três vendas ilícitas. “A equipe fez incursão na boca de fumo com o objetivo de prender os traficantes.

Ao adentrarmos no local, sete traficantes foram flagrados na sala do imóvel contabilizando o dinheiro oriundo do tráfico de drogas”, afirmou o investigador.

Na casa, os policiais apreenderam R$ 74 mil, além de porções de skunk, haxixe, balança de precisão e material utilizado para embalar drogas.Cinco dos sete traficantes acumulavam antecedentes criminais por tráfico de drogas.

Na casa, os policiais apreenderam R$ 74 mil, além de porções de skunk, haxixe, balança de precisão e material utilizado para embalar drogas.

Os sete autores foram autuados em flagrante delito pelos crimes de tráfico de drogas e associação para fins de tráfico com causa de aumento de pena pelo fato de o crime ter ocorrido próximo a uma escola.

Blogdopa e os previlegios da PCDF.