Blogdopa | MPDFT: Operação prende um dos maiores narcotraficantes do DF

0
179

De acordo com o delegado, a polícia se deparou com uma residência extremamente cercada com muros altos e grades altíssimas.

Geovane Gonçalves de Souza, 38 anos, líder de uma das maiores organizações criminosas de tráfico de drogas da região norte e entorno do Distrito Federal, foi preso durante uma operação denominada Profugo, que significa fugitivo em italiano.

Apontado como um dos maiores narcotraficantes do DF, o criminoso mais conhecido como Nego Gel, foi preso em sua residência na última sexta-feira (10), local que chamou bastante atenção dos policiais por se parecer com uma espécie de fortaleza.

O líder da organização criminosa foi localizado em uma residência no Vale do Amanhecer, dentre as drogas no local foram encontrados 37 quilogramas de Skank, 500 gramas de cocaína, 10 quilos de maconha. Também foram apreendidas diversas munições calibre .380, .38, 9mm e um carregador de 9mm vazio dentro de um baú, que ele utilizava como empréstimo para outros comparsas ligados a ele para afugentar traficantes da região.

No momento da prisão os policiais permaneceram no local e realizaram, posteriormente, a captura de Galvan Souza Silva, procurado no Estado da Bahia por dois roubos. O comparsa de Geovane teria dois mandados de prisão em aberto.

A operação cujo objetivo principal é atingir as grandes lideranças do narcotráfico do DF, e visou curmpri mandado de prisão expedido pela 5ª Vara de Execuções Penais do Distrito Federal (VEDF).

Investigações

Em 2018, a polícia registrou uma denúncia anônima em desfavor do líder da organização criminosa, na época ele ainda residia no entorno do Distrito Federal. De acordo com a denúncia, ele estaria ligado aos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e explosivos, no Jardim Paquetá em Planaltina (GO).

O criminoso foi apontado também como responsável por abastecer outros traficantes de Planaltina(GO) e do Distrito Federal. Além de possuir várias armas de fogo, como pistolas e silenciadores, que são utilizados para se proteger de outros traficantes, pois conforme comentários ouvidos por pessoas ligadas a ele, o mesmo estaria envolvido na “guerra dos milhões”, uma disputa por território com outros traficantes da região.

O líder também teria ligação com traficantes do Paraguai, onde teria um imóvel de acordo com a denúncia, assim como teria ainda ligação com assaltantes de caixas eletrônicos, o que explicaria ter explosivos enterrados dentro do lote dele.

Após novas informações de que o líder da organização criminosa Recentemente, novas informações deram conta que o conduzido voltou a residir no Distrito Federal, mais precisamente na cidade Planaltina (DF), no bairro conhecido como Vale do Amanhecer.

Com base nessas informações preliminares, a polícia efetuou diversas diligências na região para identificar os imóveis utilizados pelo criminoso, e foi possível verificar a movimentação do traficante em duas residências.

Indivíduo perigoso


O traficante é considerado perigoso, com forte atuação na região norte do Distrito Federal, que abarcava a região de Sobradinho, Planaltina e Paranoá. O delegado acrescenta que o criminosos difundia o pânico na região e muitas drogas ilícitas como maconha, skank e cocaína. Além de ostentar em redes sociais armas de fogo.

A polícia teve acesso há um vídeo que circula nas redes sociais com imagens em que Geovane Gonçalves de Souza, o “Nego Gel”, estaria efetuando disparos de arma de fogo para o alto com uma pistola com seletor de rajadas com o objetivo de ameaçar seus concorrentes.

Blogdopa e os previlegios da MPDFT.