Blogdopa, Morre vítima de câncer Pulmonar, ex-secretário de Saúde e ex-deputado federal Frejat, aos 83 anos

0
229
Morreu hoje (23/11) uma referência na saúde pública do Distrito Federal. O ex-deputado federal Jofran Frejat estava em tratamento de quimioterapia por conta de um câncer de pulmão e não resistiu.
Tinha 83 anos, sendo mais mais de 40 anos dedicado à saúde e à política.

Repercussão

Diversos políticos e representantes da capital federal lamentaram a morte do médico. O governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) relembrou a trajetória de Frejat na política e na área da saúde. “Sua dedicação fez do Distrito Federal uma referência no tratamento da saúde pública. Foi deputado federal atuante, constituinte, enfim, um homem que dedicou sua vida ao serviço público”, comentou Ibaneis. “Nos aproximamos na época da última eleição para governador, quando cheguei a abrir mão da minha candidatura para apoiá-lo, até que ele desistiu da disputa”, acrescentou.
O ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB) também prestou homenagem ao político. “Acabei de receber, com muita tristeza, a informação do falecimento de Jofran Frejat. Embora adversários na eleição de 2014 sempre mantive com ele uma relação de respeito e diálogo. Frejat exerceu a política com dignidade e tinha minha admiração. Que Deus conforte sua família”, disse.
A deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) foi candidata a vice-governadora na chapa de Frejat em 2014. “Perdemos um amigo, um líder e um homem público exemplar. Tive a honra de ser vice do Frejat em 2014 e aprendi muito com ele.”
“Frejat era um homem admirado pela honestidade, capacidade de trabalho, que sempre lutou por Brasília. Deixa um grande legado, especialmente, por tudo que realizou na área de Saúde. Como amigo particular e colega de bancada no Congresso Nacional, fomos deputados constituintes, eu manifesto meu profundo sentimento de perda pelo falecimento de Frejat. Nos conhecemos desde a década de 60, antes da política. Frejat era amigo dos seus amigos”, disse o ex-senador e ex-ministro do Tribunal de Contas da União Valmir Campelo.
Colega de profissão o senador e ex-ministro da Educação Cristovam Buarque (Cidadania) lamentou o ocorrido: “O Distrito Federal perdeu hoje um dos seus pioneiros mais respeitados. Jofran Frejat foi um médico competente e um político sério que ajudou a fazer Brasília. Uma grande perda para a cidade e para todos que convivemos com ele”.
A senadora do Distrito Federal Leila do Vôlei (PSB) destacou a importância de Frejat na área da saúde. “Perdemos um homem que lutou pelo SUS e foi um dos responsáveis pela criação da Faculdade de Ciências de Saúde do DF”, destacou.
O senador do DF  Izalci Lucas (PSDB) destacou o “imenso legado” deixado pelo amigo. “Jofran Frejat médico, Jofran Frejat deputado, Jofran Frejat gestor público era sempre o mesmo Frejat, aquele que fazia o bem sem olhar a quem. Dedicou a maior parte de sua vida ao nosso Distrito Federal como médico, deputado federal e Secretário de Saúde”, reforçou.
Para o presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT) do Distrito Federal, Georges Michel, o falecimento é uma perda para sociedade brasiliense. “Jofran Frejat, honrado político, ocupou altos cargos no Distrito Federal, no Governo Federal e foi deputado federal, sempre pautado na ética e no interesse público”, frisou.

 

Blogdopa, o Portal Alfa fogo das notícias ao seu alcance.

Confira as promoções da VLAN-TELECOM, a internet de fibra óptica que atende Paranoá, Itapoã e região.