Blogdopa | Homenagens marcam enterro de Giovanna Peters, jovem assassinada no DF

0
172

Corpo de Giovanna Peters, morta aos 20 anos, foi enterrado nesta segunda-feira (6/12) no cemitério de Taguatinga.

Amigos e familiares de Giovanna Peters, 20 anos, se despediram na manhã desta segunda-feira (6/12) da jovem, brutalmente assassinada na semana passada, em Ceilândia. A vítima foi sepultada no Cemitério de Taguatinga, às 10h30.

Giovanna vivia relacionamento conturbado com o namorado Leandro de Araújo Marques, 22, assassino confesso. Os dois tinham rompido recentemente e estavam tentando reatar a relação. A jovem dormiu na casa do suspeito no domingo (28/11) e, na madrugada de segunda (29/11), após uma discussão, foi degolada e teve o corpo escondido em um terreno baldio de Taguatinga.

Na cerimônia de despedida, orações, aplausos e cantorias de despedida. A família soltou balões cor de rosa e brancos em homenagem à jovem.

A tia da vítima, Lucilene Ferreira, conta que Leandro aparentemente tratava Giovanna bem. “Sabíamos que ele já tinha batido nela antes e não era para ela ter reatado esse namoro. Mas, aparentemente, ele a tratava bem. Ela me contou que ia voltar, mas não queria que fosse uma coisa que todo mundo soubesse”, relembra Lucilene.

Frio, assassino narra detalhes sobre como matou namorada Giovanna

A mulher relata ter se assustado com a frieza de Leandro ao fingir que não sabia do paradeiro de Giovanna. “Ele fingiu que não sabia de nada que tinha acontecido. Falou para gente que ia ajudar a procurar, mas já tinha jogado ela no mato”, lamenta.

Frio, Leandro confessou que, cortou o pescoço da namorada com uma faca e ocultou o corpo por um dia. Depois, pediu o carro de um amigo emprestado para enterrar o cadáver próximo à antiga Academia de Polícia da PCDF.

Leandro passou três dias mentindo para os familiares de Giovanna. O assassino chegou a pegar o celular da namorada e, se passando por ela, disse à mãe que voltaria para casa pedindo um transporte por aplicativo. Leandro ainda fingiu preocupação com uma suposta demora e escreveu para a namorada: “Amor, cadê você?”.

Blogdopa o jornalismo verdade.