Blogdopa | Aeronave cai na Fazenda Piquet, no Jardim Botânico

0
106

De acordo com a CBMDF, uma mulher e um bebê que estavam na aeronave, foram para uma unidade de saúde, mas apenas por precaução.

Uma aeronave caiu no condomínio Solar de Brasília, na manhã desta segunda-feira (31).

De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal CBMDF), havia cinco pessoas na aeronave incluindo o piloto, mas ninguém ficou ferido.

Uma mulher e um bebê que estavam na aeronave, foram para uma unidade de saúde, mas apenas por precaução.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) não vai investigar a queda do avião de pequeno porte nesta segunda-feira (31/1), no Jardim Botânico. Segundo a corporação, não há espaço para atuação policial.

“Houve um problema na aeronave e não teve vitima. No frigir dos ovos, foi um dano patrimonial de forma a não ensejar atuação por parte da policia”, afirmou o delegado adjunto da 30ª Delegacia de Polícia (São Sebastião), Ulisses Luz.

Os agentes da PCDF estiveram no local do acidente na Fazenda do Piquet, próximo ao condomínio Solar de Brasília. De acordo com o delegado, as cinco pessoas que estavam na aeronave, incluindo o piloto, não se feriram.

O piloto informou que, no momento em que se preparava para pousar, recebeu uma rajada de vento lateral em baixa altitude, fazendo com que a aeronave caísse. A família havia saído da Bahia.

“Não temos condições de aferir se foi um erro humano ou um problema causado pela natureza”, completou Ulisses Luz. No entanto, o acidente será investigado pela Força Aérea Brasileira (FAB). O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) foi acionado para realizar a ação inicial da ocorrência.

Na ação inicial, os investigadores da Aeronáutica identificam indícios, fotografam cenas, retiram partes da aeronave para análise, ouvem relatos de testemunhas, reúnem documentos, etc. Não existe um tempo previsto para essa atividade ocorrer, dependendo sempre da complexidade da ocorrência.

O objetivo das investigações realizadas pelo Cenipa é prevenir que novos acidentes com características semelhantes ocorram. “A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os fatores contribuintes”, diz o órgão, em nota.

Blogdopa e os previlegios do CBMDF