Blogdopa, A família Policia Militar em luto pela perda de um excelente proficional da Segurança Pública…

0
244
Suspeitos de assassinar policial militar premeditaram o crime, diz PCDF
Segundo as investigações, o grupo tinha a intenção de roubar o veículo. A polícia trabalha para tentar descobrir há quanto tempo os criminosos, que são moradores da região, estavam planejando a ação

Criminosos tinham a intenção de roubar o veículo do PM, uma saveiro amarela com som equipado - (crédito: Reprodução)

Criminosos tinham a intenção de roubar o veículo do PM, uma saveiro amarela com som equipado 
O latrocínio que resultou na morte do soldado da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) Walisson Holanda Fernandes, 28 anos, pode ter sido premeditado pelos criminosos, indicam as investigações conduzidas pela 19ª Delegacia de Polícia (P Norte). Os suspeitos, identificados como Vinícius Libório da Costa, 18 anos, Valdomiro Ferreira Alves Júnior, 22, e Luciana Sammarco, 29, tinham a intenção de roubar o veículo do militar, uma saveiro amarelo equipada com som automotivo.
O soldado Walisson Holanda Fernandes teria morrido em uma tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte)

O soldado Walisson Holanda Fernandes teria morrido em uma tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte)

Agora, a polícia trabalha para tentar descobrir há quanto tempo os criminosos, que são moradores da região, estavam planejando o roubo. “Estamos trabalhando com essa linha de investigação, mas sabemos que eles foram na casa com a intenção de subtrair o veículo. Não foi um crime de oportunidade, em que eles passaram, viram o carro e desejaram roubar. Eles já sabiam da existência do automóvel”, afirmou o delegado.
No entanto, de acordo com o investigador, os suspeitos não sabiam que o veículo pertencia a um policial. O carro era amarelo e equipado com som automotivo, o que despertava a atenção dos moradores da região, segundo informaram testemunhas.
No dia do crime, os criminosos utilizaram um veículo clonado para cometer o delito. Eles passaram olhando para dentro da casa do policial militar. Pouco tempo depois, retornaram e anunciaram o assalto. O PM reagiu e atirou contra a perna de um dos criminosos, que revidou e efetuou um disparo no peito do militar.
Imagens das câmeras de segurança da rua registraram o momento em que Vinícius e Valdomiro saíram correndo em direção ao Fox branco, conduzido por Luciana. De acordo com a apuração policial, a mulher conhecia os criminosos e ficou encarregada da fuga após o crime.
O trio foi preso na noite desta segunda-feira, em Águas Lindas (GO) — a cerca de 48km de Brasília — por PMs do município goiano. Na delegacia, um deles alegou que a intenção em ir à cidade era para receber atendimento médico devido ao ferimento na perna causada pelo tiro. Eles responderão por latrocínio consumado e receptação. A audiência de custódia deve ocorrer ainda na tarde desta terça-feira (17/11).

Blogdopa, o Portal Alfa fogo das notícias ao seu alcance e a fonte da PCDF

A melhor internet de fibra óptica que atende Paranoá, Itapoã e região.