#Blogdopa, Saiba quem é o homem que atropelou advogada no Lago Sul após briga de trânsito

0
96

O também advogado de 37 anos trabalhou na Câmara dos Deputados em cargo de natureza especial com salário de R$ 5,1 mil até 2018

O motorista preso em flagrante após atropelar propositalmente a advogada e servidora da Agência Reguladora de águas, Energia e Saneamento do Distrito Federal (Adasa) Tatiana Machado Matsunaga, nessa quarta-feira (25/8), se apresenta nas redes sociais como advogado trabalhista. Paulo Ricardo Moraes Milhomem, 37 anos, foi aprovado no exame unificado da Ordem dos Advogados do Brasil — seccional DF (OAB-DF), que teve resultado divulgado em janeiro deste ano.

Furioso, Paulo Ricardo seguiu a advogada desde a quadra QI 15, no Lago Sul, até a casa da vítima, na QI 19. Ele a perseguiu após uma briga de trânsito. Quando Tatiana chegou em frente de casa e saltou do veículo, Paulo Ricardo a atropelou com um Fiat Idea. Ainda havia um menino de 8 anos dentro do carro, filho da vítima.

Furioso, Paulo Ricardo seguiu a advogada desde a quadra QI 15, no Lago Sul, até a casa da vítima, na QI 19. Ele a perseguiu após uma briga de trânsito. Quando Tatiana chegou em frente de casa e saltou do veículo, Paulo Ricardo a atropelou com um Fiat Idea. Ainda havia um menino de 8 anos dentro do carro, filho da vítima.

Câmeras do circuito de segurança da casa flagraram o momento do crime. Quando a advogada posiciona o veículo de ré para entrar em sua garagem, o atropelador chega e começa troca de ofensas. Com a gritaria, o marido da vítima sai de casa para ver o que estava acontecendo. Logo depois que Tatiana desce do carro, o autor do crime faz uma manobra brusca e joga o veículo sobre a vítima, com violência.

Veja imagens do atropelamento:

O caso é investigado pela 10ª Delegacia de Polícia (Lago Sul). Logo após o crime, o homem apresentou-se na unidade policial acompanhado por um advogado.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal (OAB-DF) ressaltou que “o atropelamento da advogada Tatiana Machado Matsunaga choca a sociedade e a advocacia, pela brutalidade, pela motivação e pelo fato de ser um advogado o autor do crime, flagrado pelas autoridades.”

Além disso, a entidade informou que “se coloca à disposição da vítima e de sua família e deseja pronta recuperação.”

Blogdopa, o Portal Alfa fogo das notícias o jornalismo verdade e os previlegios da PCDF e Judiciário.