Blogdopa, Governo Federal apresenta plano nacional de imunização contra covid ao STF

0
160

Ameaça de excluir detentos dos grupos prioritários foi cumprida, e plano não apresenta data exata para que a vacina comece a ser aplicada na população

Após o ato do governo, o ministro Ricardo Lewandowski, relator do caso, adiou a análise do tema, que estava previsto para ir a julgamento na próxima semana.
   Continua após a publicação
As informações prestadas pelo governo apontam que os cidadãos prioritários para receberem a vacina serão divididos em quatro grupos.
O planejamento já havia sido divulgado pelo Ministério da Saúde. No entanto, no documento apresentado ao Supremo, os detentos do sistema prisional foram excluídos dos grupos prioritários.
No primeiro grupo, estão idosos que tem entre 75 ou mais de 80 anos. Profissionais de saúde e indígenas também entram neste grupo (veja quadro abaixo).
No campo de datas, o governo informa que o treinamento das equipes de saúde que atuarão na campanha começa em abril de 2021, mas não deixa claro quando pretende aplicar as primeiras doses da vacinação.
No plano, o governo descreve as quatro vacinas que estão na fase três, e informa que as doses devem ser armazenadas, em sua maioria, em São Paulo, no centro de armazenamento, com mais de 36.000 m², em Guarulhos.
Mas destaca que outros pontos de apoio e armazenamento serão utilizados em Brasília, Rio de Janeiro e Recife.
Fase 2: Pessoas de 60 a 74 anos;
Fase 3: Pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença (como portadores de doenças renais crônicas e cardiovasculares);
Fase 4: Professores, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema

Confira as promoções da VLAN-TELECOM, a internet de fibra óptica que atende Paranoá, Itapoã e região.

Blogdopa, o Portal Alfa fogo das notícias ao seu alcance e a fonte do AGU.