Suspensas as visitas ao Sistema Penitenciário até dia 17/4

0
262

Suspensas as visitas ao Sistema Penitenciário até dia 17/4

A medida, em vigor desde o último dia 12 de março, tem caráter preventivo e está alinhada às ações do GDF voltadas para a prevenção do contágios pelo novo coronavírus.

A Subsecretaria do Sistema Penitenciário (Sesipe) anunciou, na data de sábado (11), a suspensão das visitas aos presídios do Sistema Penitenciário do Distrito Federal até o próximo de 17 de abril. Após a data, será feita uma nova avaliação.

A medida, em vigor desde o último dia 12 de março, tem caráter preventivo e está alinhada às ações do Governo do Distrito Federal (GDF) voltadas para a prevenção do contágios pelo novo coronavírus. Antes da suspensão, as visitas ocorriam, semanalmente, às quartas e quintas-feiras. Às sextas uma pequena parcela de sentenciados recebia visitantes.

Como forma de compensação e para que as celas passem por assepsia mais vezes durante o dia, o banho de sol passou a ter três horas de duração. Antes da aplicação da medida eram duas.

A higienização de celas e viaturas foi reforçada. Cartilhas e material informativos foram distribuídos a servidores. As informações foram repassadas aos reeducandos e são diariamente reforçadas.

Intensificação dos cuidados

Outras medidas para evitar prevenir a proliferação do coronavírus no sistema penitenciário estão sendo adotadas. A ação foi necessária desde que o primeiro agente penal testou positivo para a presença do vírus.

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF), em trabalho conjunto com a Secretaria de Saúde (SES), intensificou a aplicação de testes em parte dos internos, assim como nos policiais penais que trabalham em escala de plantão.

”Estamos trabalhando há semanas para conter o avanço do vírus no nosso sistema prisional. Para isso, contamos com profissionais extremamente qualificados e que nos ajudam diariamente nos desafios de lidar com a terceira maior população carcerária do país”, destaca o Subsecretário do Sistema Penitenciário Adval Matos.

As transferências de pessoas presas – homens e mulheres – da Divisão de Controle e Custódia de Presos (DCCP), localizada na sede da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), no Parque da Cidade, para o Centro de Detenção Provisória (CDP) ou Penitenciária Feminina do Distrito Federal (PFDF), estão ocorrendo uma vez por semana. Anteriormente, eram feitas duas vezes por semana.

 Com informações da SSP/DF/Agência Brasília

Artigo anteriorDeputado Hermeto deixou claro ser a favor da unificação das polícias civil e militar.
Próximo artigo
O Robertinho Blog PÁ, nasce com intuito de alinhar uma cadeia de ideias e somas sobre o caráter jornalístico de Brasília e regiões. Um Veículo de comunicação que abraça as raízes da Política econômica, Social e Cultural. Nossos braços podem se tornar mais fortes sempre que formos testados quanto ao peso que devemos crer em suporta. O jornalismo livre representa nossa fundação humana onde o acréscimo deste alimento esta em nossa união pela evolução da lógica que se emprega a cada momento vezes passado, presente e futuro em nossas mãos.​