A covardia de uma “separação não aceita” com uma dupla maldade.

0
464

 

 

 

 

A covardia de uma “separação não aceita” com uma dupla maldade.

Por: PÁ

Assassinato duplo aconteceu ontem na noite de (14/04) na quadra 340 do Del Lago na cidade do Itapoã, novamente por feminicídio, Francisco Hebert “tirou a vida da ex companheira” Silmara Sousa e também de Francisco Márcio de 42 anos padastro de Silmara, após concretizar o ato maldoso, o assassino evadiu-se do local em um Voyage de cor branca, placa PAV-9994 do DF.

O padastro faleceu no local, Silmara mesmo sendo ferida por diversos golpes de faca, ainda chegou a ser transportada para o hospital, veio a óbito por conta da não resistência as gravidade dos ferimentos.

Francisco inconformado com a separação, resolveu deixar a bondade de lado e partiu para os atos brutais e cruel com a sua ex-companheira.

Francisco Márcio “padastro” de Silmara Sousa foi ajudar a jovem na mudança e acabou sendo assassinado também no local.

Silmara já estava disposta a seguir sua vida sem a companhia do assassino, não suportava mais as brigas com tinha com o autor de sua morte e a morte de seu padrasto Francisco Márcio.

Francisco Herbert (o assassino), que por muitas vezes fazia declarações de amor, entregava flores e prometia sempre amar Silmara, foi o mesmo que de uma forma brutal e covarde tirou a sua vida e de seu padastro.

Roberto